DE NUNCA EM NUNCA

 

424fb64acee1ba9a54bb7e3820e89aa7

Nunca fui de sentir demais. De demonstrar demais. De me apegar demais. Bom, lembro-me de ser assim desde que parei de acreditar em toda a perfeição daquelas histórias me contavam. Quer dizer, não é que eu queira ser uma pedra de gelo com todo mundo que se aproxima. É só que, após umas ou outras quedas na vida, em que as minhas expectativas não foram atendidas, e a dor morou por alguns invernos comigo, eu parei de querer ser sempre tão sentimental e livro aberto com meus problemas, e percebi que nem todo mundo está disposto a isso, sabe. Nem todo mundo quer encarar as coisas de uma forma arriscada e incerta. É difícil. Dói demais. E as pessoas, hoje, levam relacionamentos na competição. Não para ver quem ama mais, mas para mostrar quem é mais indiferente, quem paga de não-me-importo melhor. E, na boa, isso é tão exaustivo!

A verdade é que continuo sendo a mesma pessoa. Em alguns referenciais. Outros, eu tive que mudar. Sabe como é… aquela velha história que fala como o seu passado tem o poder de te modificar para o futuro. É isso. Estou em constante mudança. Deixando entrar quem vale a pena, e sair-mesmo que doa- quem não está disposto a ficar. Nunca fui muito de insistir. Mas sempre fui de persistir. De resistir. De deixar fluir.

É bem clichê todo esse jogo que fiz com as palavras. Mas a compreensão depende apenas do que você considerar mais importante. Em média, já devo ter usado cada palavra desse texto umas 20 vezes. Mas isso, só percebe quem fica remoendo cada palavra passada, e deixa pra outro dia os parágrafos seguintes. É, hoje eu entendo que demonstro o que sinto, quando deixo quem amo livre para fazer suas próprias escolhas, e conviver com suas próprias consequências. Elas podem ser boas ou ruins. E aí, meu caro, depende de qual direção você escolher tomar.

BYS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s