Recadinho no papel 📝 | Fragmentado do livro DEPOIS DOS QUINZE 💞

fanfiction-bap-voce-esteve-sempre-em-meu-coracao-1747221,220320141413

Gritos, portas batendo, lágrimas, maquiagem borrada, chuva forte e, então, a solidão. Volte ao começo desse texto e leia isso todos os dias, por quase um ano. Foi o que ela fez por todo esse tempo. Relembrou e se lamentou.

Agora, não resta mais nada! Nem esperanças. Só um papel e uma caneta falhando. Escreveu no canto de uma folha, com um desenho qualquer: “Todo dia 28 só me deixa um mês mais longe de tudo o que vivi com você”.

É, por mais que no coração dela fosse difícil retirar aquele sentimento ocupador, que era ao mesmo tempo absurdamente vazio, ela sabia que era o que devia ser feito. Por mais que isso viesse a dilacerar inteiramente a doçura e inocência que ela carregava, era o que tinha que ser feito. E foi o que ela fez, é … aquele era o fim.